quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Sete anos depois... o julgamento

Apesar de o Marcelo Tas ter me decepcionado muito hoje com um comentário sobre a obrigatoriedade do diploma de jornalista, não vou voltar a esse assunto. Quando ligo a TV para assistir a algum telejornal de nível nacional, já espero o desenrolar de uma história.
O julgamento dos envolvidos no Mensalão está correndo. Ouvi no CQC que os parlamentares estão até tentando impor que a mídia não utilize a palavra "Mensalão" ao se referir ao caso. São tantos envolvidos, tanta coisa para ser julgada que a gente até se perde.
Algumas vezes, vi as reportagens fazendo um resgate da história. Afinal de contas, tudo começou há sete anos. Hoje o processo conta com 37 réus. É muita gente envolvida em desvio de dinheiro público, formação de quadrilha, corrupção ativa e passiva... e por aí vai.
Já ouvi alguns comentários que colocam à prova o julgamento. Alguns dos "juízes" do caso são amigos de alguns acusados. Será que não pode acontecer um jogo de interesses e alguns dos acusados saírem impunes? Não sei.
Não é qualquer tribunal que está à frente do julgamento. É o Supremo, que pode acabar ou não com a imagem da Justiça brasileira. Depois de tanta sujeira envolvida nesse escândalo, espero que o resultado disso não seja um prato típico italiano, redondo, repartido em 8 pedaços.

Nenhum comentário:

Postar um comentário