terça-feira, 14 de agosto de 2012

Mano, 2014 tá aí

Acabaram os Jogos Olímpicos, os representantes do vôlei, ginástica, judô, natação, boxe e pentatlo fizeram sua parte, mas no futebol, não. Só para lembrar, daqui a um ano, tem Copa das Confederações no Brasil. É uma prévia do que virá a ser a Copa de 2014.
Parecia longe, com tempo para tudo, mas a Copa está batendo na porta. E a seleção brasileira não está pronta. Faltam apenas dois anos e não sabemos quem pode representar nosso País nos jogos. Eu, que não gosto muito de futebol, em 2002, sabia o nome de todos os escalados para a Copa.
E o resultado dessa preparação? O pentacampeonato. Mano Menezes ainda não montou um time. As cobranças já começaram e quando o Brasil perdeu o ouro em Londres, surgiram os rumores da troca de técnico.
Não acredito que, a essa altura do campeonato, a troca de técnico seja uma boa saída. O que está desestabilizado ficaria ainda mais. Outro técnico que está na corda bamba é o Bernardinho. A cobrança sobre o Mano é maior porque estamos no "país do futebol", mas o resultado dos times masculino de vôlei e futebol, nos Jogos Olímpicos, foi o mesmo.
A CBV já disse que o Bernardinho fica, mas a vontade dele é ficar responsável por apenas uma equipe, ou o time feminino da Unilever ou a seleção masculina. Provavelmente, a seleção vai ganhar.
Pois bem, para os próximos Jogos Olímpicos ainda temos quatro anos. No futebol não temos essa folga. Em um ano, o time tem de estar escalado e pronto para levantar a taça em 2014. Ou será mesmo que o país do futebol vai começar a olhar o vôlei com outros olhos?

Nenhum comentário:

Postar um comentário