quinta-feira, 26 de julho de 2012

A casa caiu para Tim, Claro e Oi

Tim, Claro e Oi estão proibidas de vender novos números em determinados estados do País. A determinação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) passou a vigorar nesta semana, após inúmeras reclamações de problemas com as operadoras citadas.
Aqui no Paraná, por exemplo, a Tim está proibida de vender novos chips. Das três operadoras que entraram na dança, é justamente a Tim a mais prejudicada. Está proibida de vender novas linhas em 18 estados.
Durante a semana, agentes do Procon, aqui em Maringá, passaram nas lojas da operadora e em lojas que revendem tais produtos. Os fiscais instruíram e fiscalizaram os vendedores.
Hoje, o italiano Franco Bernabè, presidente da Tim, disse que as constantes reclamações dos clientes da operadora foram motivadas pelo crescimento do mercado e pela falta de suporte para o público. Em outras palavras, a operadora se preocupou em conseguir novos usuários e não se ateve à qualidade do serviço.
Quantas vezes você ficou sem sinal quando precisava, perdeu a conexão com a internet na hora de subir aquela foto fantástica no Instagran ou simplesmente não conseguiu enviar aquela mensagem importante? Eu não consigo nem contar quantas vezes passei por tais situações.
Que as operadoras estão sendo prejudicadas, isso é fato. Além de não conseguirem novos clientes, as pessoas, a partir de agora, vão pensar duas vezes antes de migrar ou comprar um número de uma das três operadoras
Espero, do fundo do meu coração, que essa determinação traga melhorias para os clientes dessas operadoras. Quem sabe em futuro não tão distante tenhamos qualidade de sinal e possamos viver "sem fronteiras".  

Nenhum comentário:

Postar um comentário