sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

O acidente me lembrou um incidente


Que semana foi essa que passou e eu nem vi? Primeiro quero pedir desculpa pelo atraso nas postagens. Como disse na semana passada, estou arrumando minha mudança. Já me instalei no apartamento novo, com direito a internet e TV funcionando.
Desculpas aceitas, vamos ao que interessa. Estava assistindo à programação da RPC TV quando entrou a apresentadora do Jornal Hoje anunciando os destaques da edição que começaria logo mais. A mais "bombástica" anunciava a morte de uma menina em um brinquedo do Hopi Hari.
São muitas as pessoas que já me disseram que se divertiram nesse parque. Eu não fui, mas quando tinha 16 anos fui para o Beto Carrero, em Santa Catarina, com um grupo do colégio em que eu estudava. Era uma turma bem grande.
O brinquedo que causou o acidente no parque de São Paulo é muito parecido com um do parque catarinense. No Hopi Hari é Tour Eiffel, no Beto Carrero existem dois, o elevador e a Big Tower. Todos funcionam no mesmo esquema.
Um conjunto de cadeiras sobe até o pico da torre e despenca em queda livre. Quando fui na Big Tower, era novidade no parque. Quase 100 metros de altura. Fui. Eu e mais três pessoas do grupo. Professores que estavam junto tiravam fotos e filmavam.
Começou a subir. Foi indo, tudo normal até que parou. Fizemos a contagem regressiva: 3, 2, 1. E nada aconteceu. Olhamos para cima e ainda faltava um pouco para atingir o pico. Ficamos lá em cima, parados. De repente, percebemos que todos os brinquedos estavam parados.
Acabou a luz no parque. E nós quatro ficamos lá em cima curtindo o balanço do vendo e morrendo de medo de a trava abrir. Ficamos lá no alto por uns 20 minutos. A proximidade com o mar fazia com que a cadeira balançasse muito. A descida foi a passos de tartaruga. Fazíamos graça dizendo que de fora parecia ser bem mais rápido.
Quando chegamos ao solo, fomos informados que havia acabado a luz e que os freios são magnéticos e independem da energia. O susto foi grande. O pior não aconteceu e, logo, tudo voltou ao normal, mas não voltamos para a Big Tower.

Nenhum comentário:

Postar um comentário