terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Lembra do Lindemberg? Ele voltou!

Um caso que estava esquecido voltou com tudo nesta última semana. Lindembrg foi, com certeza, um dos nomes mais exaustivamente repetidos na mídia nacional no final de 2008. Ele invadiu a casa da ex-namorada Eloá e a fez refém com mais três amigos dela.
O tempo foi passando, a imprensa foi se aproximando e a cobertura do caso foi transmitida ao vivo em algumas emissoras. Chegamos ao ponto de Sônia Abrão, aquela da RedeTV, conversar com o acusado por telefone. Não foi espanto ver que a jornalista foi convocada para depor como testemunha.
O caso daria um ótimo Trabalho de Conclusão de Curso. A cobertura à época e hoje impressionam. Os desdobramentos e as reportagens que surgem agora, durante o julgamento, são inacreditáveis. Até estou começando a entender um pouco a justiça do nosso País.
A mídia tem suas funções nesse processo. A advogada de defesa está fazendo bom uso da "ferramenta". Sempre solta uma frase de efeito ou fala algo que ganha o topo das páginas principais dos portais noticiosos ou um minutinho nos telejornais.
Não sei se depois do julgamento a credibilidade dela continuará a mesma. Nesses dois dias de julgamentos, ela até desacatou a juíza. Para evitar que o juri se comovesse com a emoção da mãe da vítima, a advogada pediu para que a mulher se retirasse do local. Caso contrário, quem sairia seria a defensora.
Ela está fazendo o trabalho dela. A missão dela é livrar Lindemberg. A imprensa está fazendo seu trabalho: cobrir o caso e apresentar o caminhar e o final do julgamento. Acompanharemos, ainda, o desdobramento do julgamento. Particularmente, acredito na condenação do réu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário