quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Que a justiça seja feita


Na madrugada do dia 11 de dezembro, um crime chamou a atenção da população do interior paulista, na cidade de Ourinhos. Uma garota de 21 anos, estudante de Odontologia, foi assassinada friamente, como o Felipe Bacarin, postou aqui no MN no dia 13 de dezembro.
Na madrugada de ontem, os acusados pelo crime, e hoje, assassinos, já que assumiram a autoria do crime, foram localizados e presos em Itapetininga, também no interior de São Paulo, escondidos na casa de parentes.
A população ourinhense está revoltada com o casal e com o adolescente, que desafiou o homem a atirar. Em frente a delegacia, todos gritavam contra o casal, e pediam justiça.
Qual a verdadeira justiça pra quem comete um crime como este? O delegado responsável disse que em um crime como este, o casal pegará no mínimo 40 anos de prisão. Mas e se o comportamento deles for bom, e essa pena for resumida a bem menos? E o menor? Vai para a Casa do Menor na cidade e daqui alguns anos, estará solto novamente? As dúvidas pairam no ar... O que eu espero, é que realmente justiça seja feita.

Nesta cidade, eu nasci, cresci e adoro passar feriados e finais de semana com meus familiares e amigos que moram lá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário