domingo, 30 de outubro de 2011

O país do futebol ou do vôlei?

Os jogos Pan-Americanos já estão chegando ao fim. Foram 15 dias de competições e entrega de medalhas. Dessa vez, a cobertura do evento ficou por conta da Rede Record e do portal Terra. A participação do Brasil surpreendeu em algumas modalidades e frustrou em outras.
Entretanto, o nosso maior orgulho pode ser considerado o vôlei, tanto de praia quanto indoor. Com aproveitamento 100%, o Brasil traz todos os ouros possíveis no esporte.
Não pude acompanhar os jogos na praia, mas vi quase todos os de quadra. As disputas não foram muito fáceis. Apesar das vitórias, os times não puderam relaxar. As demais equipes estavam muito bem preparadas, mas os nossos times estavam bem mais fortes tática e tecnicamente.
A final do naipe feminino foi emocionante. Contra as cubanas, as brasileiras fizeram por merecer o ouro, mesmo que ele quase tenha escapado. Por 3 sets a 2, a camiseta amarela ocupou o lugar mais alto do pódio. Mesmo com a saída da Jaqueline, com uma lesão que a afastou da competição logo no primeiro jogo, as meninas lembraram dela na hora do pódio e fizeram uma singela homenagem. 
Também contra o time de Cuba, os rapazes tiveram uma partida mais tranquila. Foram 3 sets a 1. E mais uma vez o hino brasileiro soou no ginásio.
Como um apaixonado por vôlei e ex-jogador amador (quiçá futuro), fiquei extremamente feliz com as conquistas. Ver os atletas "dando o sangue" em quadra, brigando ponto por ponto e comemorando ao final, foi sensacional.
E ainda tem gente que insiste em dizer que o Brasil é o país do futebol. Não tiro a razão. São milhares de times em todo o país, mas que o vôlei merece maior destaque, isso é fato. Isso porque a seleção de futebol não está nos dando as glórias que sempre tivemos.
Já no vôlei, é ouro seguido de ouro. Acho que está na hora de tratarmos vôlei e futebol de igual para igual. Aliás, como sede dos Jogos Olímpicos de 2016, temos que tratar todos os esportes a nível de igualdade. Não queremos passar vergonha, não é?

Nenhum comentário:

Postar um comentário