domingo, 23 de outubro de 2011

Covarde na balada

Rômulo Manoel Lemos do Nascimento. Esse é o nome do jovem que quebrou o braço de uma mulher que não quis ceder aos seus encantos em uma balada, em Natal (RN). O vídeo que mostra o exato momento da abordagem se espalhou na web e virou uma revolta contra Rômulo.
Rhanna Diógenes curtia a noite com alguns amigos quanto o valentão chegou segurando-a e tentando beijá-la. As investidas grosseiras não encantaram Rhanna, que tentava se esquivar do "charmosão". O último recurso da jovem de 19 anos foi jogar a bebida na cara dele.
Nesse momento, ele fica enfurecido, torce e quebra o braço da garota, deixando-a jogada no chão. Então, alguns rapazes tentam ajudá-la enquanto o rapaz foge da casa.
Em entrevista ao Fantástico deste domingo (23), Rhanna contou que o caso dela virou a causa dela. Com os dois ossos do braço quebrado, ela teve de passar por cirurgia para implantar duas placas de titânio. Além disso, ela corre o risco de perder alguns movimentos da mão.
A vítima disse que a pior parte daquele dia foi contar a história para os pais dela. Embora a dor fosse grande, ela sofreu mais para relatar o ocorrido às pessoas que mais a amam. "A minha dor eu controlo. A dos meus pais, não", disse emocionada.
O caso está na Delegacia da Mulher, que deve ouvir o agressor até o final do mês. Engraçado foi ouvir a entrevista dele ao repórter. Ao ser questionado se ele é agressivo, disse que não. Além dessa, Rômulo responde a outra ação penal por agressão, movida pela ex-mulher.
Esse é o rapaz tranquilo que está solto por aí. Covarde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário