domingo, 14 de agosto de 2011

É quase um xerox

Fiat Freemont
Para provar que abordamos qualquer assunto aqui no blog, hoje vou falar de um tema inédito, mas que eu gosto muito. Por alguns meses, mantive um programa na Rádio Cesumar sobre automóveis -o Radar Automotivo. Falava sobre lançamentos, recalls, novidades e demais assuntos relacionados aos carros.
E, ontem, passeando pelo G1, vi uma notícia sobre um lançamento da Fiat. Um SUV bonitão, robusto, que nem parece carro da Fiat. Claro, cliquei no link e fui ler o texto na íntegra. Logo vi que se tratava de uma "cópia".
Dodge Journey
Calma, eu explico. A Fiat detém mais de 50% das ações da Chrysler e aproveitou essa margem de segurança e copiou um modelo da Dodge, que pertence à Chrysler. O nome do original é Journey, e do modelo reinventado pela montadora italiana é Freemont.
Nas imagens que ilustram o texto, pode-se ver a semelhança entre os dois. Alguns detalhes foram alterados e a logo da Fiat entrou no lugar da antiga. Além disso, o site do Auto Esporte destaca que, no acabamento, o Freemont está melhor do que o Journey.
Freemont - interior
O modelo mais barato chega ao Brasil (ele é fabricado no México) por quase R$ 82 mil. Perto da Captiva (R$ 90 mil) e da Honda CR-V (R$ 86 mil), está barato.
Por ser o primeiro utilitário da Fiat, a montadora se saiu bem. Mas copiando outros modelos é fácil fazer sucesso, não é?

Nenhum comentário:

Postar um comentário