sexta-feira, 1 de julho de 2011

Um artista de rua em NY

Estou sumida eu sei! Os dias têm passado rapido, o tempo voa…. Meu tempo aqui está curto e não consigo tempo para sentar e escrever aqui para o blog. O pouco tempo que tenho para relaxer, eu durmo! Ando tão cansada. Acho que 24 horas de inglês cansa mais que o normal, porque não é possível. Enfim…
São tantas coisas para desabafar, compartilhar e mostrar que não sei nem por onde começo. Como diz uma amiga minha: comece pelo começo! Mas não tenho começo, pois cada dia é um dia aqui. Tudo muda. Cada manhã é um começo e em cada começo eu dou de cara com algo que me fascina.
Ontem fazendo hora para encontrar um amigo em um local combinado, fui andar pela sétima avenida, em Manhattan. As lojas são lindas, chamativas, os outdoors enormes te preendem a atenção, as pessoas que passam por você são milhares, cada uma com sua beleza e seu charme. Mas o que me chamou mesmo a atenção foi um artista de rua.
Ele não prendeu só a minha atenção, mas de centenas de pessoas. Fiquei parada olhando seu trabalho por mais ou menos 20 minutos e, juro, boquiaberta! Com sua mesa discreta e um carrinho ao lado onde estavam seus materias, ele faz quadros maravilhosos na hora, com todos olhando, fofocando, tirando foto… Ao final, todos aplaudem e sempre, lógico, alguém compra sua pintura. O preço? 20 dolares! Caro? Não sei… Aqui tudo é muito caro, em minha opinião, então este valor acaba sendo normal para Nova York.

Um comentário:

  1. os artistas de rua são uma verdadeira atração. Sejam os músicos, os dançarinos, os artistas plásticos, os mágicos....e o trabalho deles tem valor!
    sonia pedrosa

    ResponderExcluir