quarta-feira, 29 de junho de 2011

Tudo não passou de uma brincadeira

Tudo aconteceu de forma muito rápida. Logo pela manhã a notícia da morte de Amin Khader se espalhou. Começou com a sobrinha do Amin, que disse ao David Brazil que o tio havia falecido. Logo, David postou no twitter.
Aí a coisa foi viral. Mais tarde, até o Hoje em Dia, da Record, exibia o texto sobre a morte do humorista e promoter. Depois de ir até a casa de Amin e constatar o clima, David passou pela orla do Rio de Janeiro e viu o suposto defunto caminhando.
Diz que a amizade dos dois acabou naquele momento.
Famosos comentaram no twitter, mostrando-se chocados com a morte dele. Mal sabiam que mais tarde a farsa seria descoberta. Suzana Werner até tirou uma foto com Amin ajudando a desmentir a história. Consultado pela reportagem do EGO, Amin disse que não sabia o que estava acontecendo.
Ele disse, ainda, que nunca leva o celular quando vai caminhar e que não sabia como o boato começou, defendendo a família.
Independente de quem começou a lorota, foi algo de muito mal gosto. Por um momento, os sites noticiosos davam a notícia como verdadeira. Após algum tempo, tudo começou a ser desmentido. Além de mostrar o mau caráter de algumas pessoas, esse caso mostrou como a mídia é frágil.
Como fonte, os portais tinham David Brazil, que até então acreditava na morte do ex-amigo. Depois, com a ajuda do twitter, tudo foi esclarecido e os mesmos famosos se revoltaram com tudo o que havia acontecido e sido noticiado. Como diz Boris Casoy, "isso é uma vergonha".

Nenhum comentário:

Postar um comentário