quinta-feira, 16 de junho de 2011

Educação nota 10

Não estou escrevendo sempre porque está sendo bem corrido para mim aqui. O tempo voa e o período vago que tenho, uso para converser um pouquinho com minha familia e meu namorado. E também para fazer meu homework, a lição de casa do inglês.
O assunto postado hoje faz bem a qualquer pessoa: educação. Como é bom convivermos com pessoas educadas não é mesmo? Eu adoro pessoas que dão bom dia, boa tarde, boa noite, que dizem por favor, com licença, obrigado e algumas outras palavras que, durante nossa infância, são chamadas de “palavrinhas mágicas”.
No Brasil, nem todas as pessoas são educadas. Algumas nem olham na sua cara, até mesmo pessoas que você vê todos os dias. Aqui em Nova Iorque a educação me chamou bastante a atenção. Todas as pessoas, conhecidas ou não, passam por você e te comprimentam. Seja na rua, no ônibus ou no metrô. Quando precisam passar por um corridor cheio de gente, a palavra com licença é dita, e o obrigado em seguida. Isso acontece com pessoas de 80 anos a crianças de dois ou três.
No trânsito, os motoristas param o carro para que os pedestres possam atravessar. Ninguém atravessa fora da faixa de pedestres. Quem o faz é turista que, após a negligência, leva um pequeno sermão dos guardinhas espalhados pela cidade.
Esta educação, vista aqui, deveria fazer parte da rotina de todos os países. No Brasil, quando será que consiguiremos atigir este nível?

Um comentário:

  1. em qq lugar do mundo tem gente educada e mal educada...em NY, os carros param na faixa porque, se não pararem, pagam uma multa altíssima...s palavrinhas mágicas servem para a nossa melhor convivência social - dentro e fora de casa. Assim como os gestos de gentileza...ajudar, participar, cooperar, esse tipo de coisa. tudo isso serve em todos os lugares. Na teoria e na prática!
    sonia pedrosa

    ResponderExcluir