terça-feira, 5 de abril de 2011

Eles podem

Ontem foi o dia de dar os parabéns a uma das principais instituições de apoio a pessoas com deficiência intelectual. A APAE (Associação de Pais e Amigos de Excepcionais) completou seus 50 anos. Que vitória!
A APAE foi criada em 1961, com o intuito de chamar a atenção de toda uma população preconceituosa, sobre a inclusão de pessoas com deficiência. Bebês, crianças, jovens, adultos e idosos com a chamada síndrome de down freqüentam diariamente essas unidades, espalhadas por todo o Brasil. É com ela, que essas pessoas conseguem o mínimo de espaço na sociedade que os julga como incapazes de realizar tarefas mínimas e até os subestimam quanto ao aprendizado. Tenho dó de quem pensa assim.
Desde pequena convivi com duas pessoas maravilhosas. Se chamam Henrique e Lauro. O Henrique é um primo do meu pai e o Lauro meu primo. Ambos com síndrome de down e mais inteligentes que muitas pessoas que conheço por ai. O Henrique quem me ensinou a nadar! Além de participar de vários cursos. O Lauro, hoje com 13 anos, freqüenta uma escola particular, Kumon e tem uma rotina como de qualquer outra criança da idade dele. Acredito que quando foi mais velho vai ser capaz de cursar uma faculdade e ser um bom profissional.
Encontrei no Youtube esses tempos um vídeo em que me emocionei muito. Uma entrevista do Jô Soares com a primeira jornalista down do Brasil, ou quem sabe até do mundo. Seu nome é Fernanda e ela trabalha como repórter da TV Brasil. Parabens a ela, a família dela e a todos que lhe deram a chance de trabalhar com o que ela sempre amou.

Um comentário: