quinta-feira, 31 de março de 2011

São artigos de luxo

Não sei se mais alguém compartilha disso comigo, mas quando eu abro a Veja, toda semana, uma das primeiras coisas que eu corro ler é o Guia. Essa sessão fica do meio para o final da revista e tem o título em um tom de azul claro. As reportagens são sempre de novidades ou orientação para usuários de determinados produtos.
Nesta semana, a reportagem destaca as novidades para "salas de banho" e cozinhas. Achei muito chique usarem sala de banho para banheiro. Mas esse não é o foco. O que pretendo destacar aqui é o investimento que as pessoas têm feito nesses cômodos.
No jornalismo, conhecemos jornalismo segmentado, que trata-se de dividir as informações por tema a fim de alcançar um público específico. Tá difícil de entender? Um exemplo disso são as revistas de automóveis, agronegócio, imóveis etc.
No caso do Guia, existem feiras destinadas apenas a esses segmentos, de banheiros e cozinhas. Nisso são apresentadas tendências de louças, pisos, espelhos, eletrodomésticos e metais para deixar o cômodo mais acolhedor.
A feira a qual me refiro é a Kitchen & Bath, que aconteceu em São Paulo, na semana passada. Os aparelhos inovadores citados na revista são geladeiras que se "escondem" entre os armários (R$ 27.600), fornos cada dia mais modernos (R$ 5.500), coifas que se confundem com luminárias (R$ 10.250), torneira que filtra água (R$ 8 mil) e, claro, os que mais chamaram atenção, espelho interativo (pela bagatela de R$ 7.500) e assento aromatizado para vaso sanitário (R$ 3.500).
Realmente esse assunto é bem segmentado e para um público bem restrito. Porque pagar mais de R$ 3 mil em um assento é algo para poucos - bem poucos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário