domingo, 6 de março de 2011

Quanto vexame!


O Brasil a cada semana aparenta por algumas atitudes que não tem a mínima estrutura para sediar grandes competições como as que estão por vir em 2014 e 2016. No meio desta semana, a deputada Mara Gabrilli (PSDB-SP) teve que esperar duas horas para conseguir desenbarcar no aeroporto de Cumbica, em São Paulo.
Você que não é de São Paulo, deve estar se perguntando: Mas qual o motivo desta demora? A causa de tudo, foi a falta de organização da TAM, empresa aérea em que a deputada estava, e a falta de treinamento para a tripulação em que trabalhava naquele vôo. Aliás, nenhuma tripulação deve ser treinada como deveria ser. O fato é que Mara é cadeirante. Ela não movimenta nenhum membro abaixo do pescoço. Pessoas como ela, merecem toda a tenção e um cuidado especial. Sei disso, porque minha mãe também é cadeirante e convivo com problemas parecidos desde pequena. Pessoas não respeitam os cadeirantes e muitos lugares nem se importam com pessoas com deficiência.
Isso é vergonhoso para um país, que daqui alguns anos, será sede uma paraolimpíada. Como esses atletas, vindos do mundo todo, serão tratados?
Mara Gabrilli têm toda a razão de estar revoltada e lutar pelos seus direitos. Ela entrou com uma ação contra a TAM e contra a Anac (Agencia Nacional de Aviação Civil). Com este incidente, espero que os brasileiros abram o olho e cobrem dos políticos alguma atitude. Não só para este caso, mas para tantos outros quedo mesmo jeito, mostra todo o despreparo de nosso país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário