quarta-feira, 30 de março de 2011

Nascidos nas melhores décadas

Há um bom tempo, postei aqui um texto que falava das maravilhas de ser criança, das brincadeiras, da falta de compromissos, do tempo em que saíamos para a rua e não tínhamos hora para voltar. Mas, esses dias, estava passeando pela internet quando me deparei com programas de TV da minha infância.
Eu me divertia muito com Castelo rá-tim-bum, desenhos animados, Power Ragers e por aí vai. Eis que encontrei uma lista de desenhos que foram sensação entre 1990 e 2000. Logo, decidi que deveria dividir isso com vocês e espero que tenham a mesma nostalgia que eu tive ao relembrar, por exemplo, The Get Along Gang.

Quem nunca assistiu um episódio de Timão e Pumba que atire a primeira pedra.

 Abaixo, Os Cãezinhos do Canil. Não era meu desenho predileto, mas acompanhei diversas histórias.
 "Os Ursinhos Carinhosos, estão aí para ajudar, se precisar é só chamar."
 Senhor Wilsooooooooonn... Dennis era o terror do vizinho. Não sei se o filme desencadeou o desenho ou vice-versa, mas ambos são bons.
Vai falar que você nunca chamou sua amiga Paty de Paty Maionese? O meu sonho era ter um cachorro com o nome de Costelinha.
A abertura desse desenho é mais marcante que a história, pelo menos para mim.
 Esses bebês eram fantásticos. Eles conversavam entre si, mas não com os adultos.
 Note que não citei nenhum daqueles desenhos japoneses violentos, como Pokemon, Digimon e nem Cavaleiros dos Zodíaco. Desses, só Pokemon que eu assisti, os outros eu não sei nem do que se trata. Não citei o Pica-Pau, até porque ele está na grade da Record até hoje, e assisto quando posso.
Espero ter feito você lembrar da sua infância, assim como eu me lembrei da minha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário