quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

A escolha dos nomes

Folheando a revista ISTOÉ da semana passada, encontrei uma reportagem de comportamento que me chamou a atenção. O titulo era: “Diga como chamas que te direi quem és”.
Você deve estar pensando que essa reportagem diz sobre grupos de amigos e tal. Mas não tem nada a ver com isso, e sim com nomes. Isso mesmo, nomes, pois a reportagem mostra que a forma como os pais batizam seus filhos diz muita coisa sobre uma determinada sociedade.
Isso me chamou bastante a atenção. Muitas pessoas batizam seus filhos com nomes que homenageiam os pais, avós ou outra pessoa da família. Outras escolhem os nomes a partir de personagens religiosos. Bem comum também é ver crianças com nomes de personagens de filmes ou de novelas que estejam no ar, pois os pais são totalmente influenciáveis.
Uma pesquisa do site americano BabyCenterBrasil, em 2010, aponta que os nomes que viraram hits do momento foram Julio Cesar (Goleiro do Brasil na copa do mundo), Marina (Candidata a presidência) e opersonagens da novela Viver a Vida, como Miguel (Mateus Solano) e Luciana (Alinne Moraes). A pesquisa também mostrou que os pais de crianças nascidas no ano passado parece ter se influenciado por crimes de grande repercurssão, como Elisa ou Eliza, Eloá e Isabella. Curioso, né?
Nomes tradicionais como João, Maria, Francisco, José, passaram a fazer parte do cotidiano de famílias tradicionais de grande poder aquisitivo. Antigamente, esses nomes eram dados em famílias de menor poder aquisitivo. E hoje é o contrário. Essas famílias preferem os nomes difíceis, de preferência com sonoridade estrangeira, como Jennifer.
Pra você que já teve seus filhos, pensou em que na hora de escolher os nomes? E pra você que ainda não tem, fique ligada nos nomes que foram mais dados em 2010 para meninas: Júlia, Sophia, Isabella, Maria Eduarda e Giovanna. Já para meninos, foram: Gabriel, Davi, Miguel, Arthur e Matheus.

Um comentário:

  1. Coitados dos meus filhos (que ainda não nasceram e nem estão na minha barriga)vão ter que usar o sobrenome pra não serem confundidos com os outros 5 Miguel's e Julia's da sala deles. rs...

    ResponderExcluir