domingo, 8 de agosto de 2010

Não adianta...tem que ser a hora!


Assistindo ao Fantástico, fiquei chocada com um assunto que eu ainda não tinha escutado falar. O caso do pequeno Hugo Gabriel Celestino de Matos, de apenas três anos - único sobrevivente de um caminhão que sofreu um acidente na BR 101, no município de Sooretama, no estado do Espírito Santo.
Neste acidente que Gabriel ficou preso nas ferragens, mas saiu vivo, quatro pessoas morreram: o motorista, a mãe de Gabriel e duas irmãs do menino. Quem vê o carro não acredita que o garoto possa ter saído ileso, com apenas cortes na cabeça, nos braços e nas pernas.
Um caso parecido aconteceu em 2008. Hamanda, de apenas oito anos, também foi a única sobrevivente de um acidente onde faleceram seus pais e sua irmã.
Após assistir a essa reportagem, fiquei me perguntando muitas coisas!!! E cheguei a uma conclusão: simplesmente não era a hora delas partirem para o outro mundo e sim ficar aqui e fazer com que muitas pessoas refletissem sobre os seus casos.

Confira a reportagem sobre o caso Gabriel aqui
Confira aqui a reportagem sobre Hamanda

2 comentários:

  1. muito boa a reportagem! realmente acredito em que as coisas acontecem na hra certa! tbm fiquei chocada come ste caso!

    ResponderExcluir
  2. Me emocionei com as reportagens e tbm acredito que td tem sua hr pra acontecer e que cada um vem a terra pra cumprir uma missão.

    ResponderExcluir