segunda-feira, 30 de agosto de 2010

HAVAIANAS - duvido que você não tenha uma.

A sandália que surgiu como sinônimo de preço baixo era muito encontrada nos pés de diaristas. Hoje, virou fenômeno mundial, carregando o Brasil para os pezinhos de milhões, bilhões de pessoas em diversos países do mundo.
Um problema para os publicitários: como transformar uma chapa de borracha com uma tira na sandália mais vendida do mundo?
Ah não sei como, a tática deu certo. Hoje, a empresa brasileira detentora da marca (Alpargatas) ganha "rios de dinheiro" com o "chinelinho".
Para quem não sabe, assim com eu há dois minutos, Havaianas foi item de cesta básica na década de 1980, dada sua importância na vida dos brasileiros.
Apesar do grande mercado interno até o final da década de 1990, foi só depois da Copa de 1998 que o mundo passou a olhar com outros olhos a sandália brasileira que, na época, ganhou uma pequena bandeira do Brasil.
Hoje, a marca possui lojas nos Estados Unidos e na Europa. Além disso, possui uma grande loja - Espaço Havaianas - em São Paulo, onde os clientes encontram todas linhas da sandália que virou febre mundial.
Esse é um exemplo de algo popular que passou a ser artigo de luxo.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Espero que dê certo...


Na última segunda-feira, 23, estreou na Band uma série inédita que espero ter sucesso. “Tô Frito” é o nome deste novo projeto, que tem como tema, a vida de universitários ou não, que deixam a casa dos pais e partem para uma nova etapa da vida... Lógico, que com muitas dificuldades e muitos perrengues!
Nunca vi na televisão nada parecido. Acho ótimo ter um programa como este, para outros jovens que pensam em fazer a mesma coisa, possam ter uma idéia da vida que irão encarar.
Torço muito pelo bom resultado deste projeto e espero que, dando certo, façam também uma série onde temas como Repúblicas Universitárias, por exemplo, possam ser abordados.
Acho essencial ter este tipo de programa. Que realmente mostre a vida como ela é. Tire dúvidas e preconceitos (tema já abordado aqui no blog na postagem: Vamos combater essa praga?) de diversas pessoas que pensam mal dos universitários.
Eu já morei em uma republica durante anos e sinto falta desta etapa em que vivi e ganhei uma nova família.
Bom, o “Tô Frito” vai ao ar toda segunda-feira após o CQC e reprisa aos domingos na MTV às 19h.
Vale a pena conferir!

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Ruas tranquilas, Felipe?

Crescente número na frota maringaense, onde o pedestre tem vez no trânsito, policiamento e fiscalização. Esses temas estiveram em pauta no primeiro debate de um ciclo, que começou nesta terça-feira, 24, no Cesumar.
Profissionais da área foram convidados para falar sobre questões que são vivenciadas todos os dias por quem se aventura nas ruas da cidade com a terceira maior frota por habitante do Brasil.
São números e cobranças que parecem que deixam o trânsito cada dia mais violento. Até agosto, 67 pessoas foram vítimas fatais nas ruas e avenidas maringaenses. Já é mais do que o contabilizado em todo o ano de 2009.
Em uma propaganda da prefeitura, a frase: leve gentileza para as ruas, me deixou pensativo.
Será que é só de gentileza que é feito um trânsito seguro?
Acredito que não.
Ter sido um dos responsáveis por selecionar perguntas a serem feitas no debate me fez ver que as pesssoas da plateia tinham/têm ideias formidáveis e soluções impraticadas.
Algo que me chamou a atenção foi o grande número de pessoas que diziam que a educação no trânsito deve começar na escola, para que motoristas sejam instruídos desde cedo.
Uma curiosidade. Justo no dia do debate me deparei com dois acidentes perto de casa. Logo nas ruas tranquilas da zona 7.

sábado, 21 de agosto de 2010

É pra rir ou chorar?

Essa é a pergunta que pensei quando assisti pela primeira vez o horário político deste ano. Não que isso só aconteça agora, mas quanto mais crítica eu estou ficando, mas vou ficando inconformada com as coisas que somos obrigados a ver e ouvir.
Ronaldo Esper, Marcelinho Carioca, Maguila, Mulher Pêra, Alessander Vigna, Kiko KLB, Raul Gil Jr e Tiririca. Esses são alguns nomes que eu, Bruna, precisava citar. Não que eu tenha alguma coisa contra qualquer um deles. Jamais. Mas, pensá-los como possíveis candidatos ao governo federal já é demais.
Quais seriam suas experiências de governos? Ai ai ai.....Êêêêêê Brasil brasileiro...
Todas essas figuras bem conhecidas acima, usam de sua boa imagem e trocadilhos perante ao público para conseguirem votos. E conseguem! Como, eu não sei...
Você pode estar curioso pra saber que é Alessander Vigna. É o marido de Mara Maravilha. Ele simplesmente não abre a boca em sua propaganda. Quem o apresenta é ela. Caso ele ganhe, qual deles irá governar?
“O que é que faz um Deputado Federal? Na realidade eu não sei. Mas vote em mim que eu te conto. Vote no Tirirca, pior que ta não fica! Valeu?” – Essa é a propaganda política dele. Não da pra acreditar né?

Para assistir ao vídeo do horário político dos maravilhosos candidatos clique aqui

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Não pare de fumar fumando

Na edição desta sexta-feira, 20, do Bom Dia Brasil, da Rede Globo, foi apresentada uma reportagem esclarecedora sobre o tabagismo. De acordo com cientistas, o cigarro não serve para acalmar ninguém.
A desculpa de que fumar acalma serve para que o fumante meio que se conforme com os males que o cigarro provoca. Outro argumento de quem não quer largar o vício, é que depois que para de fumar, engorda.
Claro, durante o período de vício, a pessoa desconta a ansiedade no cigarro, depois na comida.
Outra coisa interessante na reportagem é que, na pesquisa, foi comprovado que o método "pare de fumar fumando" não é muito bom. De acordo com os pesquisadores, o tempo entre um cigarro e outro só deixa o fumante mais nervoso. 
Em síntese: não há um meio termo. Ou para de fumar de uma hora pra outra ou que arque com os efeitos da nicotina.
Fica a dica para os fumantes. Dê o primeiro passo. Depois, resistir ao vício será mais fácil.
Para quem tem amigos fumantes. Se afaste deles quando forem acender o cigarro ou peça que eles fumem longe de você. 
Para conferir a reportagem completa, clique aqui.

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Vamos combater essa praga?

Assistindo à Liga, da Band, nesta terça, parei para pensar: putz, tem muita gente preconceituosa no mundo.
Tem mesmo, e todo mundo tem preconceito, mesmo que seja por uma coisa simples, mas tem. O programa abordou questões como fisionomia e jeitos de se vestir até homossexualismo e HVI.
Interessante foi ver o quanto as pessoas julgam as outras e ainda apresentam argumentos. Por exemplo, no caso, colocaram um casal homossexual na rua e mais à frente estava a repórter abordando as pessoas que, aparentemente, mais se incomodaram com a situação.
Para justificar o preconceito, usavam passagens bíblicas ou desculpinhas. Tudo bem que a sociedade ainda não está acostumada com isso. A maioria dos homossexuais se reserva ao direito de não "esfregar" na cara dos outros a sua orientação sexual. Mas o preconceito pudia ser um pouco menor, não é?
E foi engraçada a parte em que um grupo de pessoas tentava adivinhar a profissão de um outro grupo. Um artista de circo, por exemplo, foi confundico com médico por ter as mãos brancas. Um médico, por ser negro, foi pré-julgado como motorista ou vendedor ambulante.
Mas, como disse um dos entrevistados: o Brasil é um país preconceituoso, mas mascara isso.
Por que, ao invés de mascarar, não combatemos essa praga que destrói relações pessoais e profissionais?

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Como se isso bastasse!


Hoje, finalmente, aconteceu a audiência de Alessandre Fernando Aleixo. Ele é o responsável por espancar o designer da foto ao lado, Henrique de Carvalho Pereira, de apenas 21 anos, dentro de uma unidade da Livraria Cultura aqui em São Paulo em dezembro do ano passado.
A justiça que a família de Henrique tanto esperava, pode não ter sido como queriam, mas uma providência já foi tomada. A audiência durou cerca de uma hora e o réu foi transferido para um manicômio judiciário.
O jovem espancado continua em coma no Hospital das Clínicas, já passou por duas cirurgias e não tem quadros de melhora.
Esse homem que o espancou, disse que escolheu a vítima aleatoriamente. Isso significa que se não fosse o Henrique, poderia ter sido qualquer pessoa, inclusive uma criança indefesa.
Até onde uma pessoa pode chegar? Só uma internação em um manicômio judiciário seria uma boa pena?
Esse Brasil me surpreende a cada dia...

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Cobrança abusiva de impostos


Imposto, palavra amarga ao bolso do trabalhador brasileiro. Esse gosto, sentido por todos os contribuintes, está cada vez mais indigesto. Sem saber em que o dinheiro público é aplicado, o brasileiro tem se perguntado com frequência aonde essa verba vai parar.
Podemos conferir simultaneamente o quanto o governo recolhe de impostos a cada segundo por cidade, Estado ou pela União. Para acompanhar esse movimento basta acessar o site Impostômetro (www.impostometro.com.br), criado pela Associação Comercial de São Paulo e pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário, e observar a crescente arrecadação do governo.
O que gera, de certa forma, indignação nos brasileiros é a falta de comprometimento do governo em divulgar com detalhes em quais projetos a verba pública tem sido aplicada.
Quase ninguém sabe qual o índice de impostos imbutido no preço do açúcar (40,5%), do biscoito (38,5%), da cerveja (54,8%) e até da água mineral (43,91%).
Em geral, o Brasil recebe muito dinheiro de impostos. É muito cômodo “esconder” no preço final dos produtos maneiras de enriquecer os cofres públicos.

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

O começo de uma nova era...


Sim, é a resposta dada por todos os brasileiros que tiveram a oportunidade de assistir aos 90 minutos do jogo Brasil x Estados Unidos na noite de ontem. Essa resposta, tenho certeza que unânime entre todos, se faz valer por diversos fatores.
O novo técnico, Mano Menezes, fez o que Dunga deveria ou achávamos que deveria ter feito em sua era, convocar destaques, de hoje, na Seleção Brasileira. Ousadia? Atrevimento? Coragem?
Bom, seria melhor que utilizássemos essas expressões não só para Mano, mas como para todos os jogadores que participaram desta primeira partida da Seleção Brasileira, porque pelo menos, aos meus olhos, todos foram brilhantes, cada qual com seu brilho.
Em uma seleção com 10 novatos e em que poucos jogadores nunca haviam jogado uma partida sequer juntos, a nova garotada jogou um belo futebol, que há muito tempo não se via nos campos com a camiseta amarelinha de tanto peso.
Após a largada deste novo capítulo de nossa seleção, com a vitória de 2 a 0, me pergunto: O que será que Dunga está achando de tudo isso?

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Não nos façam de palhaço

Hoje uma postagem rápida só para a segunda-feira não passar desapercebida.

Eu estava assistindo ao CQC e, como sempre, abordaram um tema bacaninha que gera uma pauta interessante. Falar de políticos no período eleitoral é proibido pelos humoristas.
Legal foi ver a opinião de jornalistas e humoristas sobre o assunto. Realmente, como disse Emílio, a eleição passa como se nada estivesse acontecendo, nos programas de humor.
São proibidos de manter os personagens que imitam políticos e nem podem "zoar" ou fazer piada de algum deles.
Com a sabedoria escondida sob a peruca, Marco Luque disse algo mais ou menos assim: Se não querem que demos risada de vocês, não nos façam de palhaço.

domingo, 8 de agosto de 2010

Não adianta...tem que ser a hora!


Assistindo ao Fantástico, fiquei chocada com um assunto que eu ainda não tinha escutado falar. O caso do pequeno Hugo Gabriel Celestino de Matos, de apenas três anos - único sobrevivente de um caminhão que sofreu um acidente na BR 101, no município de Sooretama, no estado do Espírito Santo.
Neste acidente que Gabriel ficou preso nas ferragens, mas saiu vivo, quatro pessoas morreram: o motorista, a mãe de Gabriel e duas irmãs do menino. Quem vê o carro não acredita que o garoto possa ter saído ileso, com apenas cortes na cabeça, nos braços e nas pernas.
Um caso parecido aconteceu em 2008. Hamanda, de apenas oito anos, também foi a única sobrevivente de um acidente onde faleceram seus pais e sua irmã.
Após assistir a essa reportagem, fiquei me perguntando muitas coisas!!! E cheguei a uma conclusão: simplesmente não era a hora delas partirem para o outro mundo e sim ficar aqui e fazer com que muitas pessoas refletissem sobre os seus casos.

Confira a reportagem sobre o caso Gabriel aqui
Confira aqui a reportagem sobre Hamanda

sábado, 7 de agosto de 2010

Não venda aquilo que você não compraria

Você é a favor da legalização do Cloreto de Sódio?
Pois é, para você, caro leitor, a pergunta pode parecer idiota. Mas muita gente acha que isso é droga e que só aumentaria o tráfico, a violência, enfim, o governo deve barrar.
Você, universitário ou profissional, já imaginou como seria a sua vida sem o NaCl? Complicado, né? Mas muita gente não sabe o que significa isso. 
A educação básica no Brasil é deficitária e disso todo mundo sabe. Acredito que, o plano básico de governo deve ser investir na educação. Na criação do blog decidimos não tomar lado de nenhum político, mas me recordo de um ex-candidato à presidência, que defendia muito a educação e foi recriminado por só falar desse assunto.
Mas, pensemos. A educação é a base de tudo. De pessoas mais civilizadas, educadas, não-violentas, e por aí vai.
E claro, pensemos mais uma vez. Você conhece algum político que só matricule seus filhos em colégios públicos e só dependa do SUS?


Confira um vídeo sobre o assunto aqui.

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Será mesmo que vale a pena?

Algumas noites eu durmo com a TV ligada e esta noite foi uma delas. Hoje, quando acordei, estava passando um programa de esporte. A primeira chamada que ouvi foi que Ronaldinho Gaúcho poderia estar praticamente acertado com o Palmeiras. Como sou palmeirense me voltei para a televisão e assisti a reportagem que trazia um jogador do time do Palestra Itália falando desta possível contratação, opiniões de torcedores e o valor necessário para esta contratação.
O salário acertado com o atacante seria de 1 milhão de reais e mais 8 milhões de euros (cerca de 18,4 milhões de reais) para o Milan, atual time de Ronaldinho.
Outras duas contratações que renderam muito na mídia foram a de Ronaldo Fenômeno para o Corinthians em 2009 e Robinho para o Santos, no começo deste ano.
Ronaldo recebeu do clube, em 2009, aproximadamente 1 milhão de reais por mês. Robinho também tinha um salário milionário no time da Baixada e dividia com Ronaldo o salário mais bem pago do Brasil. Será que Ronaldinho Gaúcho vai fazer parte deste seleto grupo?
E eu, leiga neste assunto, me pergunto: vale a pena gastar, ou investir, todo este dinheiro em um só jogador mesmo sabendo que eles também trazem muitos benefícios aos clubes?

Primeiro debate foi "morno"

Aconteceu, nesta quinta-feira, 5, o primeiro debate da corrida eleitoral de 2010 à presidência. Ao mesmo tempo, a Rede Globo exibia o jogo São Paulo e Internacional, valendo uma vaga para a final da Copa Libertadores e uma vaga no mundial de clubes.
Internacional não ganhou o jogo, mas garantiu a vaga. No debate, de acordo com reportagens, nada de muito agressivo. Como esse foi apenas o primeiro, as pesquisas podem começar a mudar. Uma certa demora em encontrar o norte nas respostas, pode desfavorecer candidatos.
De acordo com repórteres do UOL, o debate foi morno. Tucano e petista falaram de governos passados e atual, mas tentaram defender um novo posicionamento e apontar falhas dos outros.

Segue o link da reportagem do UOL.

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Atraso nos aeroportos: até quando?



Desde o final de semana, outro assunto que vem sendo bastante abordado pela mídia é o atraso dos voos nos aeroportos de todo o Brasil. A empresa, desta vez, em questão é a Gol. Mas todos nós sabemos que isto é um assunto do nosso cotidiano, mas cada hora com uma empresa diferente.
A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) e a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) se perdem em tantas explicações que tentam dar aos passageiros danificados e a toda população brasileira. Três dessas explicações foram que esses atrasos da Gol haviam sido provocados por um novo programa que a empresa adotou para o sistema. Outra, a falta de tripulantes para tantas escalas e outra que seria o fim das férias.
Se realmente por conta do fim das férias o movimento seria maior, por que usar um novo programa justamente neste período? Colocar disponível aos clientes mais serviços do que funcionários para cumpri-los? Quanta vergonha!
Quais serão as desculpas daqui 4 anos, quando o Brasil for sede da maior competição de futebol do mundo? Enquanto esta resposta não vem, continuamos a ver aeroportos com filas cada vez maiores, clientes cada vez mais insatisfeitos e desculpas cada vez mais esfarrapadas.
Fonte da imagem: UOL

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

A ironia da vida dos esportistas



“Um crime bárbaro que chocou o país inteiro.” Impossível saber do que se trata. Com a atual banalização da criminalidade, fica difícil descrever um assassinato apenas com a frase acima. Há algum tempo, o Brasil inteiro tem acompanhado o desenrolar de dois assassinatos com requintes de crueldade. Primeiro, Mércia Nakashima desapareceu e o carro dela foi encontrado em uma represa. Depois, o corpo da advogada foi encontrado boiando, no mesmo lugar.
O outro, talvez mais impactante por envolver uma pessoa famosa, aborda o desaparecimento de Elisa Samudio. A atriz pornô que teve um caso com um jogador de futebol, este vangloriado pela conquista de um título para o time que defendia. Esse assassinato trouxe à tona revelações sobre os bastidores da vida de muitos jogadores.
Revistas, programas de televisão, jornais, sites, todos abordando as orgias que esses famosos participam. E não é apenas sexo. Drogas fazem parte do cotidiano desses astros do esporte. 
Um terceiro crime, não menos importante, tirou a vida de um dos filhos  da atriz Cissa Guimarães. Rafael Mascarenhas aproveitava a interdição de um túnel no Rio de Janeiro para praticar esporte. Dois esportistas envolvidos em dois crimes completamente diferentes. Um como autor do assassinato e outro como vítima fatal.